• nutricionistapaulosakuma

Dificuldade de manter a dieta na quarentena


Durante o período de quarentena, diversas pessoas têm encontrando dificuldade em manter uma dieta.⁣

Uma destas dificuldades pode ser considerada a ansiedade, que está alta neste período de incertezas, atuando em vias corticais e subcorticais que envolvem a aprendizagem e memória de recompensa e prazer, bem como diminuição do controle cognitivo, favorecendo o consumo de alimentos mais palatáveis com alto teor de gorduras e açúcar.⁣

Uma associação certamente é feita entre "sentir-se ansioso" e após o consumo de alimentos altamente calóricos "sentir-se melhor", isto é aprendido podendo se tornar um hábito, sendo reproduzida em diversos momentos, criando-se um elo entre o desiquilíbrio das emoções e alimentação.⁣

Outra dificuldade são as sugestões ambientais que estão a nível visual, aqueles doces comprados no início da quarentena e deixados em cima da mesa, que eram para durar 15 dias e acabaram nos 3 primeiros.⁣

A ciência explica que estas sugestões visuais reforçam a buscas destes alimentos, ativando regiões relacionadas a desejo e motivação, sendo reproduzidos mesmo em dietas hipercalóricas por reduzir a capacidade do organismo de identificar um balanço calórico positivo.⁣

Algumas alternativas para melhora deste cenário podem ser adotadas, a primeira seria o controle da ansiedade/stress através de psicoterapia, meditação, yoga, atividade física, entre outras formas, a segunda seria o controle do ambiente e sugestões visuais, diminuindo a compra de alimentos processados e de alta densidade energética, aumentando o consumo de alimentos in natura e de alta densidade nutricional.

0 visualização

Siga Paulo Sakuma :

  • Instagram
  • Facebook ícone social
  • Twitter ícone social
  • Telegram-icon
  • YouTube
Se inscreva para receber
minhas novidadas

© 2015 por Paulo Sakuma