• Nutricionista Paulo Sakuma

Aeróbio em Jejum


Como já fiz alguns posts sobre o Aeróbio em Jejum não iria mais postar sobre o tema, mas neste final de semana li esta recente(2016) revisão sistemática da literatura e meta analise, e achei conveniente escrever, principalmente pelo abstract do artigo possibilitar algumas interpretações precipitadas e por ser uma meta analise.

O abstract do artigo é finalizado com os dizeres(tradução minha) “Nós concluímos que o exercício aeróbio realizado em jejum induz maior oxidação de gordura do que o exercício realizado em estado alimentado.”

Vou passar os pontos que achei mais relevante após ler essa revisão, foram incluídos 27 estudos sobre o aeróbio em jejum , o maior achado foi que a realização de exercícios aeróbicos com intensidade baixa a moderada no estado em jejum induz um aumento de 3,08g, isso mesmo somente 3g, na oxidação de gordura enquanto o exercício está sendo realizado. A maior oxidação de gordura em jejum comparada com o estado alimentado, foi observada durante exercícios com intensidades até 59% de VO2max, mas não na intensidade de 75% VO2max, então se acelerar mais os passos os 3g vão para o espaço..rsrsrs. No finalzinho da parte de discussão do artigo, é falado que o resultado da meta analise foi realizada usando apenas dados avaliando os efeitos agudos do exercício realizado em jejum, e os resultados não devem ser extrapolados como efeitos a longo prazo, especialmente com o objetivo de reduzir a gordura corporal, pois não há provas suficientes de eficácia e segurança. 🤔🤔🤔🤔

Conclusão: Se você gosta de fazer, não tem tempo pra comer ou se sente bem, tudo bem mas aeróbio em jejum não é uma super estratégia que vai mudar alguma coisa, eu também de vez em quando não como nada de manhã e vou ao supermercado a pé...rsrss... Bom final de domingo e boa semana a todos.

#aeróbioemjejum #treinoemjejum #jejum

5 visualizações